LAPProduções em hiatus

Novidaaaade, estarmo em hiatus, neh? xD

Quase um ano depois, LAP dando as caras nos blogs para avisar: realmente vamos entrar em hiatus tanto no Esconderijo do Mot-Mot, no LAP Produções e no Rabiscos da LAP.

Com nossos livros publicados e os compromissos assumidos, está realmente difícil conseguirmos tempo para produzir alguma material para esses blogs. Porém, no LAProom sempre teremos novidades, mesmo que elas não tenham um padrão de atualização e não sejam frequentes xD

Com esse espaço de tempo, é um bom momento para cavocar coisas antigas. Então, fique a vontade para revirar o baú da LAP e conferir o que já produzimos durante mais de uma década. Boa sorte! xD

BASTIDOR FINAL – Especial de Natal

L: Dingou Beul! Dingou Beul! Láláláláláláláláááááá!

A: Pára L! Já cansou!

P: Me ajuda aqui! Me enrolei com esses piscas! Socorro! (azul) Eiii (vermelho) NÃO é (verde) pra ligar (rosa) ainda (amarelo) L!

L: Aaaah… perdão, P. Sabia que hoje você tem que perdoar todo mundo? Porque hoje é um dia muiiiito especial! Dingou Beul! Dingou Beul! Láláláláláláláláááááá! (POW) AAAIIiii, A!

A: CA-LA-A-BO-CA-L!

L: Você também tem que perdoar, A! Respeita o dia, ok!

A: (com expressão de Eu vou te matar se você não parar!)…

L (desenrolando a P): Ok, eu vou ficar quietinha aqui.

Emily: Deixa que alguém com um pouco mais de coordenação faça isso, P

P: Ótimo! (azul) cansei de (vermelho) ver cores (verde) diferentes!

Draco (entrando): Ainda não está pronto?!

Charlotte: E só agora você aparece?!

L: Dingou Beul! Dingou Beul! Láláláláláláláláááááá!

A: Grrrr!

Harry: Trouxemos os refrigerantes!

Rony: Eles soltam tsssss quando a gente abre!

Hermione (revirando os olhos): E o peru já está à caminho!

Lune: Que bom! E todos já compraram os seus presentes para o Amigo Secreto?

L: Anhm…

A: Bom…

P: Abem da verdade… Vamos passear, LA?!

A: Vamos! Anhm, (saindo pela porta com as amigas) só dar uma voltinha, né? Para respirar um pouco de ar fresco depois de toda essa decoração!

L: Dingou Beul! Dingou Beul! Láláláláláláláláááááá!

A: L! Você tá pedindo pra apanhar de novo!

Charlotte (olhando ameaçadoramente para Emily): Não devíamos ter convidados elas!

Emily: Mas é Natal, Charlotte!

Antes da ceia:

Emily: Muito bem, pessoal! Antes de cortarmos o peru, anhm, o frango-assado, vamos para a nossa brincadeira de Amigo Secreto!

Geral: Aaaah!

Emily: Vai ser rapidinho! Vamos lá, eu começo! Bom,… o meu amigo secreto é… anhm… meio doida e… é… tá! Adora gatos!

Todos (menos L): L!

L: OBA! OBA! OBA! OBA! PRESENTE! (pulando)

Emily: Não sei se você vai gostar, mas… (ela entrega uma caixa pomposamente embrulhada que a L rasga sem cerimônias)

L: OBA! Gatinhu! Gatinhu! Gatinhu! Gati… rosa?

Emily: É! Não é muito fofo?!

L: Anhm… éééé… é lindo… hum-hum, agora é a minha vez! O meu amigo secreto…

A: NÃO PRECISA SUBIR NA MESA, L!

L (descendo): Você tá muito chata hoje, sabia A? Hunf!… O meu amigo secreto faz parte da DP1/2! Ele … é… parece ser figurante e tem a personalidade do Percy!

David: EU! EU!… Sou eu?

L: …é. é você sim. Ah, eu tinha planejado tanto para vocês demorarem para adivinhar! Tó! (ela lhe entregou um envelope pardo com uma folha sulfite dentro).

David: Isto é um… alien?

L: Não, olha bem… É você! E tem até o meu autógrafo!

David: Anhm… legal! Obrigado!

Emily: Sua vez, David!

David: O meu amigo secreto já está com vocês desde o começo de tudo!… Ele, anhm, te o cabelo vermelho e sardas!

Fred, Jorge, Gina e Rony: Eu?

David: Não todos. Só o Rony! (ele lhe entrega uma caixa) Eu soube que você gostava de ver o comportamento dos trouxas, então a minha mãe mandou isso!

A caixa estava repleta de fitas de vídeo com os programas do Big Brother de vários países.

Rony: Legal!… o que são essas coisas?

Emily: Depois você explica, David.  Sua vez Rony!

Rony: Meu amigo secreto é um grande cara que torce para o mesmo time que eu!

cri, cri, cri

Rony: Anhm… É o Tio Laranja!

Tio Laranja:… Que time você torce mesmo?

Rony: Chudley Cannos!, oras! (entregando o presente)

Tio Laranja:… Obrigado, Rony. Eu não torço para esse time, mas é um boné laranja muito legal! Agora é a minha vez… hum-hum, meu amigo secreto é uma grande profissional e um personagem com muitos mistérios. Em geral ninguém gosta dele, mas ele prefere assim.

Tom-Tom: EU! SOU EU!

Tio Laranja: Não é você Voldemort! É o Snape!

Snape: Eu?! Quem não gosta de mim? Menos cinco pontos para vocês!

Tio Laranja entregou o presente e o professor o abriu sem cerimônias:

Snape: O que será? Oh, um kit completo para tratamento de cabelos oleosos! Era justamente isso que eu queria!… Cai fora que agora é a minha vez! Meu amigo secreto é o Fred!

LAP: NÃO É ASSIM!

Emily: Você tinha que falar como ele era para tentarmos adivinhar!

Snape (entregando o presente): Que diferença faz?! Vocês nunca iriam adivinhar o meu enigma! E pegue logo isso que eu já fiz muito participando dessa brincadeira idiota!

Fred: Tá, tá… É só um pedaço de pergaminho… Ah, tá escrito aqui do outro lado: Eu, professor Snape, concedo à Fred Weasley 1 ponto na matéria de poções. Só um ponto?

Snape: Se não quiser é só jogar o pergaminho fora. Eu não me importo!

Fred: Está brincando?! É um ponto, mas ajuda!… Ok, a minha amiga secreta é uma dessas doidas que promoveram esse bastidor!

P: Eu?

Fred: Não! a outra doida!

A: Eu?

Fred: É!

A: Presente! Presente! Presente! Me dá!… Ah! Um pato de pelúcia! O que está escrito aqui? Me abrace (QUACK) Ah! Que legal! Eu… (QUACK)… Snif… eu (QUACK)… ELE… (quack) ELE É… SNIF… (QUACK)… Lindo!! (QUACK)

EMILY: Chega A! Fala logo quem é o seu amigo!

A: Ah, sim… meu amigo secreto é uma cópia de quem me pegou como amiga secreta!

…cri, cri, cri…

Jorge: Sou eu, né?

A: é sim! Olha… (ela tirou o presente do bolso) É um passaporte de ida e volta para a Terra do Mágico de Oz com direito a um acompanhante e uma bala de brinde!

Jorge (já metendo a bala na boca): Legal! Obrigada pela gasp, gasp, gasp cofcof É UM CARAMELO INCHA LÍNGUA?!

A: AHÁ! Eu falei quando você menos esperasse eu iria dar o troco!

Jorge (já com o efeito da bala): Hunf… ueu aigo equeto é ua enina eio oida ue esá o ieio no.

Fred: Deixa que eu o ajudo: É a Sara!

Sara: Oba! Eu!

Jorge lhe entrega por cima da sua grande língua uma coleção completa de mangás da Sakura Card Captors embrulhadas com um laço rosa)

Sara: UAU! Obrigada Jorge!

Jorge: iada…

Sara: Meu amigo secreto é um cara muito justo que nos apóia sempre. E nós adoramos ele! É o nosso advogado!

LP (emburradas): Hunf…

A: Aiaiai…

Advogado do Tom-Tom: Obrigado, Sara… anhm, o que é isso?

Sara: É a carta da justiça para ajudá-lo nas decisões e vencer a nossa causa!

Advogado do Tom-Tom: Anhm… será que eu consigo usar essa carta mesmo não sendo bruxo?

Sara: Eu posso ajustar!

Advogado do Tom-Tom: Ok… então, meu amigo secreto é uma grande jogador que sempre faz umas pontas nas fics daqui.

Quase todos: UHUUUU! WOOD! WOOD! WOOD!

Wood: Obrigado! Obrigado! Obrigado povo! Eu sei que sou de mais! Obrigado!… Nossa! Uma goles autografada pelos grandes jogadores da última Copa!… hum… todos eles já tiveram um processo sério com os clubes… Todos seus clientes?

Advogado do Tom-Tom: Pois é, né. Ossos do ofício!

Wood: Meu amigo secreto é uma pessoa muito legal que adora quadribol como todos os seus outros irmãos! GINA!

A garota levantou-se em um pulo e correu para pegar o seu presente: uma camiseta do time que Wood trabalhava autografada por ele, é claro, e pelos seus colegas.

Gina: Meu amigo secreto é uma pessoa que pode ser contra nós nas fics, mas na vida real nos ajuda muito. Principalmente agora com o nosso movimento contra as escritoras).

LAP: EIII! Estamos aqui se não repararam!

Gina: É o TOM-TOM!!!

Ela jogou o presente para ele e saiu correndo se escondendo atrás do HP.

Tom-Tom: Você só escapa hoje por que é natal! Hunf… (ele abriu o embrulho) Um livro!… Hum, Manual para o Vilão mau sucedido… Interessante… Bem, meu amigo secreto é uma pessoa, entre tantas, da minha lista negra. Será que vocês conseguem adivinhar?

cri, cri, cri

L: É muita gente! Dá uma dica, Tom-Tom!

Tom-Tom: Hunf! Não tem uma cicatriz na testa, não é amigo de classe do que tem a cicatriz na testa, não é a Charlotte, não são as escritoras, não tem cabelos vermelhos e…

Emily: Tá, tá, já deu para ver que sou eu.

Ela pegou o presente.

Tom-Tom: é uma poção rara… Não sei para que serve, mas você pode ter a honra de ser a primeira a testá-la.

Emily: Anhm, bem, Eu posso tentar usá-la de abajur no meu quarto, já que ela fica piscando com essa cor de diabrete… E agora? Quem se oferece para vir aqui na frente?

P: Eu! Eu vou! Eu posso? Diz que posso!

Emily (revirando os olhos): Pode…

P: Oba! Oba! O meu amigo secreto é uma pessoa que entrou faz pouco tempo, mas tem tudo para seguir os passos de uma personagem perfeita como a Emily!

Todos: Kira.

P: Ué… como acertaram tão fácil?

Eles apontaram  para a capa do livro que ela segurava: Guia para uma Mary Sue iniciante.

P: Droga! Eu devia ter embrulhado… Vai Kira, sua vez!

Kira: A minha… anh… amiga secreta é uma anh, pessoa muito poderosa que esse Natal excepcionalmente decidiu não fazer maldades.

cri, cri, cri

Lilith-Du-Mau (versão demoníaca da P): Podem falar que sou eu. Hoje não vou machucar ninguém… Se não me provocarem!

P: Que bom Lilith! Acho que posso cancelar o Cantinho da Lilith então.

Lilith-Du-Mau (praticamente flutuando para pegar o seu presente): Oh, agradeço. Sempre quis ter um olhar não humano. (ela sorria +/- enquanto admirava um par de lentes em formato de fenda, como os de uma cobra) Olhe, Voldie! Agora vamos poder combinar nosso olhares.

L (sussurrando): Por Merlin! E ainda querem processar a gente! Nós nunca tentaríamos juntar esses dois!

Lilith-Du-Mau: E a minha vití, ops… amigo secreto é uma pessoa que tem o nome em minha homenagem, mas não tem nada parecido comigo. Venha cá pequena Lilith!

Lilith-vampira ganhou um destilador de sangue humano que foi logo interceptado pelo professor Snape que falou que aquilo não era coisa para se dar a uma vampira em formação e acabou levando um superPowerpuffpoderzinho da Lilith-Du-Mau e caiu desmaiado.

Lilith-vampira: Obrigada, Lilith!… Mas temos um problema: minha amiga secreta ainda não chegou. É a Hermione…

Rony: Pois é. Ela nunca tinha atrasado desse jeito…

Hermione: Já cheguei, pessoal! (huf) Não se preocupem mais! (huf) Isso tá pesado… af, af, af… é o meu presente! (ela respondeu o olhar interrogativo que todos lançavam para o carrinho de mão que ela trazia comum embrulho enorme dentro)

Todos: Aaaah…

Lilith entregou o presente para a garota E como ninguém suspeitara, era um livro, Hermione continuou a brincadeira:

Hermione: A minha amiga secreta é uma pessoa quase querida aqui.

Personagens: Ela! (apontando para a P)

Emily: Foi a única escritora que sobrou.

P: Oba! Presente grande! Presente grande! Mais grande que os bichinhos que vocês ganharam! Nhénhénhéééé!

P abriu seu presente o mais rápido possível e sua expressão de alegria desapareceu assim que ela leu o título do livro… Sim! Era uma livro!

P: Edição completa e reformulada do Enciclopédia Britânica?… Legal…

Ela voltou para o seu lugar em meios aos risos das amigas..

Hermione: Esse foi o primeiro livro que eu li, e essa é uma edição especialíssima! Daqui alguns anos será uma obra rara!

P: Vai valer muito dinheiro?! Mesmo?! Blé, para vocês suas sem-obra-rara! (para as amigas que fecharam os sorrisos).

Emily: Vai Harry! Começa de novo!

Harry: Meu amigo secreto é uma pessoa que adora se fazer de bonzinho nas fics e o seu disfarce favorito é de Bad Boy com pai opressores que sempre s apaixona pela Gina Pobre.

Todos: Draco.

Draco: Ei! Eu não sou Bad Boy! E não tenho culpa se me pagam bem para eu fazer papel de menino incompreendido. E quanto a vocês (para LAP) que me transformaram em um retardado, hein? Hein?

Emily: Cala a boca e pega logo esse presente!

Draco: Hunf! (pega o presente de mau humor) Um dragão de pelúcia? Que presente nada criativo, Potter! Ele pelo menos grunhe se apertar? AAAAAAAHHHHHH! (um líquido verde espirrou do focinho do dragão bem na cara do garoto e imediatamente furúnculos enormes começaram a surgir) POTTER, SEU IDIOTA! FAÇA ISSO DESAPARECER AGORA!

Harry: Acho que vamos ter que esperar um pouco, Malfoy. (disse ele entre os risos e gargalhadas geral da sala)

Emily: Harry, tira! Ou ele não vai nos deixar continuar.

Harry (retirando os furúnculos): Desmancha prazeres!

Emily: Quem é o seu amigo Draco?

Draco (ainda atordoado): Meu amigo secreto é uma pessoa que precisa muito do meu presente! Ela tem sérios problemas com a lua.

Lune: Não precisa dizer mais nada e me passa logo esse presente. (Ela desembrulhou uma focinheira de couro de dragão e agradeceu com o rosto vermelho de raiva) O meu amigo secreto é uma pessoa que sempre me apoiou aqui. Eu adoro ela e quero todo o bem do mudo para a Charlotte.

Charlotte: Mais falsa impossível…

Lune: Hunf! Essa exclusividade é sua. Mas considere o meu presente como caso encerrado.

Charlotte abriu a caixa que continha um jogo completo de fitas e laços rosa-cheguei.

Charlotte: (Também ficando vermelha até as orelhas) Só não jogo isso no fogo agora mesmo porque a Chrisbell parece gostar dessas coisas e você me poupou de comprar um presente de Natal para ela,.. O meu amigo secreto é uma pessoa que basicamente é a razão de todos nós existirmos e estarmos aqui.

L: Anhm… Merlin?

A: Não, anta! É o Harry!

P: Ah, é!… é o Harry, né, que óbvio… eu sabia.

Harry pegou o seu presente um pouco contrariado: um kit de maquiagem para esconder cicatrizes.

Logo depois de algumas reclamações de última hora (que não vamos descrever por que esse bastidor já está enorme de grande demais…) Dumbledore desceu pela chaminé trazendo um monte de…

(L: Ué?! Tem chaminé na sala dos atores?…

P: Cala a boca, L, que agora tem!)

… doces da Dedosdemel.

Então depois de muita festa eles foram finalmente dormir, sonhando que Papai Noel iria trazer presentes bem melhores para eles quando amanhecesse.

(L: que final lindo! Dingou Beul! Dingou Beul! Láláláláláláláláááááá!

A: VAI-DOR-MIR-L!!!)

Bastidor 08 – Especial Niver da LAP

Charlotte: NÃO!

Harry: Nem pensar!

Draco: Pirou, é?!

Voldemort: Está pedindo um Avada por tabela?!

Emily (com bico): Por que não?

Rony: Pergunta ainda?!

Emily: Elas merecem… um pouco… um pouquinhozinho.

Demais:… (pisc, pisc)…

Emily (com um sorrisinho amarelo): Tá. Elas não merecem tanto assim. Mas, apesar de tudo, foram elas que nos criaram! Sem elas não estaríamos aqui agora!

Harry: ÊPA! Fale por você, mi hermana de fic! Eu sou o astro de tudo isso! Sou marca registrado e já existia muito antes dessas doidas aprenderem a escrever!

Rony: Isso aê! Somos originais!… Não igual a certas pessoas que vieram de algum lugar muito próximo ao Paraguai.

Charlotte (com a varinha no nariz dele): Quieto, Ronald!

Hermione: Mas ele está certo!

Gina: As únicas perdidas aqui são Emily, Charlotte e companhia limitada!

Emily: mas…

Harry: Nem mais nem menos! Falei, tá falado!

Draco: E eu também! Falei, tá falado!

Fred: Você já nos obrigou a fazer uma vez aquela festa surpresa para a Charlotte, que até que foi legalzinha. Mas uma festa surpresa para a LAP é outros quinhentos e quatro!*

Voldemort: Onde está a sua crença no MMADP**, traidora partidária?!

Emily (com carinha de por favor): Mas…

Demais: NÃO!!!

* = gíria de início de milênio, 500 anos do ‘descobrimento’ do Brasil. Se dizia ‘são outros 500’ quando se queria dizer ‘é outra coisa totalmente diferente’. Como estávamos em 2004 quando escrevemos isso, eram outros 504 xD…

** = Movimento Matem as Autoras da DP.

***

Harry (enchendo balão): Como ela consegue? (Fuuuuuuu)

Draco: Você eu não sei! (Fuuuuuuu) Mas quando ela fez aquela carinha de choro… (Fuuuuuuu)

Rony: (Fuuuuuuu) Bem que o Snape poderia criar uma poção contra a insistência da Emily! (FuuuuPOW!) AIII!

Snape (tentando pendurar um faixa retamente com a varinha na parede): Veneno é cura de todos os males.

Charlotte (com chapéu de chefe, batendo clara de ovos em uma bacia): Ela sempre consegue! É por isso que ela é a nossa Mary Sue oficial!

Emily (entrando): Eu trouxe mais balões!

Lune (entrando atrás dela de novo com sacolas até nos dentes): hunn!

Harry: (Fuuuuuuu) Mais balões?

Jorge: E a bebida? (Fuuuuuuu) Ninguém falou nada de bebida ainda!

Fred: É! Queremos cerveja amanteigada! (FuuuuuPOW!)

Draco: Vamos precisar de muita cerveja amanteigada para conseguir engolir o bolo da Charlotte!

Charlotte: Calado ou te faço engolir as raspas da panela com a panela!

Emily: Elas saíram e vão demorar! Temos bastante tempo para arrumar tudo!

Lune: Onde elas foram?

Emily: Sei lá… O que importa é que vai dar para fazer uma surpresa!

***

Mais tarde…

LAP entrando na sala do bastidor que estava totalmente escura:

P (espiando pela porta): Tá limpo! Pode entrar!

A: Que sorte!

L: Tá escuro! Acende a luz antes que eu tropece em mais alguma AAAHHH!!! (BAAAM!) Ai…

Personagens (menos Charlotte, Snape e Tom-Tom) acendendo as varinhas: SURPRESA!!!

LAP (largando as sacolas que carregava e erguendo as mãos para o alto): AAAAAAAHHHHHH!!!

A: FOI SEM QUERER!

P: NÃO FOI NOSSA CULPA!

L: BUUUUUÁÁÁÁÁÁ!

Personagens:…

A (notando os balões): Anh… balões?

P: Festa?

L: BOLO! UÊBA!

Charlotte (se colocando entre a LAP e a mesa de doces): Peraí! O que vocês aprontaram?

LAP (olhando em volta para disfarçar, ainda com os braços erguidos): Nada!

Draco: E essas mãos para o alto?

Harry: Da última vez que vocês tiveram essa reação foi quando acabaram com os nossos estoques de feijãozinhos!

Rony: O que tem nessas sacolas?

LAP (pegando as sacolas e tentando esconderem atrás delas): Nada!

L: Nadinha.

Voldemort: É o que veremos! Accio sacolas!

LAP (sendo arrastadas junto com as sacolas): NÃÃÃÃÃO!

Voldemort separa elas das sacolas conjurando cordas e as suspendendo no ar, totalmente presas.

Voldemort (olhando o conteúdo das sacolas): Chocolate?

Hermione (olhando outra): Pirulitos e papel crepom?

Harry (outra): Pipoca, cola e cartolina?

Charlotte: Muito bem! Quem vocês assaltaram dessa vez?

L: Ninguém em especial.

A: Quieta, L!

Emily: Por Merlin! Não acredito que consegui convencer todos a fazerem uma festa e vocês me aprontam isso!

P: Não foi um assalto! Não somos tão desesperadas assim!

L: É! Nós só pegamos sem pedir!

Charlotte: Desembuchem logo!

A: Mas e a festa?

P: Você nem cantaram parabéns ainda!

L: É aniversário de quem mesmo?

Snape: Vou pega o meu frasco de Veritaserum…

A: Tá! A gente fala!

P: Tudo começou em um lindo dia de sol…

L: E estava chovendo!

A: E tava frio!

P: É… era um lindo dia!

L: Muy hermoso!

A: Very beatiful!

Voldemort: parem de enrolar ou eu publico os meus mangás em um jornal sério!

L: Duvido que alguém aceite.

Voldemort: Ora, sua…

Emily: Parem! E vocês falem logo!

P: Bom. É que nós também queríamos fazer uma surpresa para vocês. Só que vocês são em muitos!

A: Então nós compramos os doces e iríamos montar um kit para cada um.

L: De lembrança! Como aquelas cestinhas do coelhinho da páscoa que vem com rabinho!

Draco: Que meigo. Agora vão para a parte onde vocês aprontaram!

P: O único problema é que gastamos todo o nosso dinheiro bruxo para bancar o LAP vai a Londres.

A: E gastamos todo o nosso dinheiro trouxa na estréia do HP03!

L: Ficamos sem nenhum centavo ou nuque!

Gina: E como conseguiram os doces?

P: … ééééé… Já falamos que os doces eram para vocês?

Harry: Isso não vem ao caso agora! Onde conseguiram os doces?

LAP:…

Voldemort: Vão falar ou não?!

LAP (de uma vez só): nósalugamosvocês!

Personagens: Anh?!

P: ALUGAMOS VOCÊS!

Os personagens ficaram paralisados por alguns instantes e, sem conseguirem falar, saíram da salinha batendo as portas.

L:

A:

P:

A: Viu, será que eles ficaram chateados?

L: Será que eles não vão querer os chocolates?

P: Quieta L! Não vê o problema que arranjamos?!

A: Quem vai nos tirar daqui?

L:… eu quero pipoca!

BASTIDOR – 07

Charlotte (entrando na sala das escritoras):… Por Merlin!

LAP esparramada no chão, juntamente com a Sara, cercadas de pipocas, papéis, bagulhos, cartas, embalagens de coisas que não prestam para os dentes e bonequinhos de animes:

LAP + Sara: VOLTE A FORMA HUMILDE QUE MERECE, CARTA CLOW!!!

Charlotte:… O que estão fazendo?

P: Oras, assistindo!

A: Pesquisando!

L: Torcendo!

Sara: Ensaiando!… Quer pipoca?

Charlotte: Eu só vim avisar que-

Emily escancara a porta com um olhar anormal de fúria.

Charlotte: a Emily vai matar alguém e a culpa não é minha.

Emily: ON-DE-ES-TÁ-A-MI-NHA-CRI-A-DO-RA?!

P (estranhando): Anhm…Fala.

Emily: Que história é essa de repetir minhas cenas com o Snape? Já não chega todo aquele sofrimento?!

Charlotte: Isso aê, Emily! Quebra tudo!

L: Você fica quietinha, Charlotte!… Anhm, quer dizer… por favor, deixe elas se acertarem, ok?

Emily (para a amiga): Posso azarar as duas?

P: Ai, ai… eu falei que não era para deixar ela enfeitiçar aquele menino no mundo trouxa. Agora ela fica se achando Du-mau-rebelde-sem-causa! A, dava para você… A?

P e L percebem que a A, a Sara e a TV sumiram e na porta do armário surgiu uma plaquinha de Não perturbe!

L (sussurrando para a amiga): É melhor sairmos rapidamente daqui, P. Ou essas duas vão fazer um aparatamento permanente em nós!

Emily: E então? Vai ter mais cenas dessas ou não?!

Charlotte: Até que enfim alguém fez justiça ao Movimento Matem as Autoras da DP!

L e P: Gaaaaaaaah! (fugindo desesperadas)

Emily: IÁÁÁÁÁÁ!

ESPECIAL – WE GET A CHANCE!

L abre a porta da LAProom dramaticamente, berrando:

– WE GET A CHANCE! (como foi a L quem falou, saiu algo parecido com ‘uigetitchansi’).

Depois de quase terem morrido do coração com essa intromissão repentina da amiga, P (com a Chibi-P), Thata, Yuri e Thi-chan, deixaram de prestar atenção aos planos de dominação mundial espalhados pela mesa e lançaram olhares questionadores para a recém-chegada.

– Que que foi agora, L? – perguntou P – Chibi! Tira o Loro da boca!

– Olhem isso! – L jogou na frente deles cópias de uma notícia impressa da internet – Definitivamente vamos trazer os Arashi para o Brasil!

Thata e Yuri agarram as folhas e começaram a ler no mesmo instante. Thi-chan os observou pegando a folha e lendo, conferiu como estava o clima pela janela e então meditou um tempo, pensando em quais conseqüências efetivas aquela leitura resultaria na sua vida dali por diante. P correu atrás da Chibi que tinha tirado a fralda e a usava para tentar capturar o Loro fujão.

– Pelo Senhor da Glória e Juventude! – Thata praticamente jogou aquele e outros papéis para cima, tentando resumir nessa única frase e gesto toda a sua opinião sobre o assunto.

– O que estamos esperando?! – Yuri subiu em cima da cadeira, sem muita certeza do que fazer.

Thi-chan terminou de ler a sua folha e concordou com um aceno de cabeça.

– TEMOS que escrever uma carta para o Congresso Nacional! – declarou L, orgulhosa de ter trazido a novidade.

– Uma carta pra quê? – perguntou P voltando para a mesa, com uma Chibi-P embaixo do braço e o Loro refugiado em cima da sua cabeça, para ler a sua cópia.

***

– Muito bem. – L despejou professoralmente folhas sulfite, canetas bics, giz de cera e colas glitter e tesouras sem ponta no meio do círculo que eles formavam sentados no chão – Primeiro passo é a discussão. Então, por favor anotem tudo o que for importante para não esquecermos. Depois reunimos tudo em uma folha só para digitar.

– Projeto Mais Feliz? – P terminou de ler a cópia impressa da notícia – Deixa eu ver se entendi o raciocínio de vocês: vão usar essa nova-futura-improvável-lei da Constituição como desculpa para trazer o Arashi para cá?

– Sim! – L, Yuri, Thata com sorrisos enormes.

– … – P, dando uma olhada na Chibi P que dormia tranquilamente no carrinho ao seu lado – E acham que isso vai dar certo?

– Eles não querem felicidade? – perguntou L – Arashi abre um evento de artistas com explosões de papel colorido picado, luzes coloridas piscando e eles cantando Happiness! Quer mais felicidade que isso?

– Mais do que ficar se lamentando para o vento, se você imaginar que as coisas irão bem, então um dia uma mudança pode acontecer! – Thata começando a cantar, usando uma cola glitter como microfone.

Corra! Corra! Nós mesmos vamos buscar o amanhã! – os outros continuando em coro – Deixe-me escutar aquele som que só você possui, o sentirei totalmente! Não pare! Não pare! Os sentimentos que movem o ‘agora’! Não importa o quão pequeno seja o botão de nossa flor, é a nossa maior e única FELICIDADE!

– Mas, L! Eles falam japonês. – P – Acho que o pessoal só iria entender a parte das luzes e do papel picado.

– A gente também não entendia nada no começo, né? – L falou com os outros, que confirmaram com um gesto de cabeça.

– Mas… Ah, não adianta argumentar com fã de Arashi, né? Kitto Daijoubu, We Can Make It e  We Gonna Step and Go (Tudo Ficará Bem, Nós Vamos Conseguir e Vamos Dar um Passo e Ir).

– Isso, P, está pegando o jeito! – elogiou L.

– Tá, vamos supor que esse projeto seja aprovado e que de alguma forma miraculosa vocês consigam trazer o Arashi para o Brasil-

– YAY! – demais, empolgados com a perspectiva, inclusive o Loro.

– Quanto que vai ser a entrada? Vocês vão consegui pagar?

– … – L.

– … – Yuri.

– … – Thi-chan.

– Iiiihhh! – Thata.

– Vamos fazer uma rifa! – L, jogando canetinhas e giz de cera para o os lados com a empolgação da grande idéia – Vamos fazer uma rifa em prol de conseguir pagar nossos ingressos para o show!

– … É. – Thata.

– Seria uma boa. – Yuri.

– … – Thi-chan – E o que vamos rifar?

– Um computador! – L – Todo mundo compra rifas de computadores!

– … E que computador? – P.

– O computador de… – L meio que apontou para o Yuri.

– Ainda nem terminei de pagar meu Mac e agora que estou aprendendo a mexer nele! – Yuri negando imediatamente.

L passou a apontar para a Thata.

– Nananinanão! Já tenho que dividir ele com o meu irmão! Nem pensar em rifar a minha metade! – Thata saiu fora.

L apontou incerta para o Thi-chan.

– Não. – ele disse simples e redondamente.

– Se for para vender meu computador para pagar a entrada eu nem quero pensar em ir! – P se manifestou.

– Huuumm… – L – meu computador não vale uma entrada do show do Arashi… E acho que o pessoal que visita o blog ia ficar chateado se tivéssemos que dar a desculpa de que não podemos atualizar porque não temos mais o pc central da LAP…

– E se rifássemos uma vaca? – sugeriu Thi-chan – Vacas são úteis.

– Ééééé! – L – Boa idéia!

– Agora estamos indo bem! – Yuri.

– E enquanto a rifa está em andamento podemos vender o leite da vaca para ir começando a nossa poupança para o show! – Thata pensou sabiamente.

– Isso! – L batendo palmas e então perguntou para a P – Algo contra promotora de acusação?

– A rifa e a vaca são de vocês. Façam o que achar melhor. – P foi dar atenção para a Chibi, que resmungava entrando no processo de acordar com as pilhas recarregadas.

– Yay! Vamos rifar uma vaca para irmos no show do Arashi! – L resumiu a decisão do dia – Anotou isso secretária?

– Sim, senhora. – Thata, escrevendo na sua folha com giz de cera azul.

– Yuri, faça um modelo das rifas! – L, coordenando.

– Ryoukai desu! – Yuri, separando as canetinhas.

– Thi-chan, me ajuda a fazer uma lista das pessoas que VÃO comprar a rifa, tipo, nossos pais, tios, padrinhos…

– Hum. – concordou Thi-chan, escolhendo a cor de canetinha que iria usar.

– Sabe… – começou P pensativa, lá do carrinho da Chibi – Onde vão arranjar uma vaca?

L e os outros se entreolharam.

– Ok. – L com um suspiro  – Eu desenho a vaca…

BASTIDOR – 06

L: É mais um lindo dia aqui nos bastidores! E a nossa salinha foi ampliada para o nosso grande amistoso de qua-dri-bol!!!… embora não seja tãããão grande assim porque não deixaram as nossas pessoas participarem, maaaas… Vamos narrar mesmo assim!
A:… tem certeza de que vamos deixar ela narrar, P?
P: E acha que ela vai fazer isso sozinha? É meu sonho narrar uma partida de quadribol!… bem, um dos meu sonhos… Eeeee vamos para os times!!!
L: No sensacional, inigualável, insuperável, biônicosperpawerpuff time da LAP: Charlotte Malfoy e Lune Lupin como batedoras! Uma parada e tanto para os Weasleys! Como artilheiras Emily Potter, Kira Pettigrew e Sara Granger! Como goleira Lilith Mcnikon! E o Tio Laranja como bendito fruto entre as mulheres e como apanhador também! O time rival dos Personagens Originais sem muitas novidades: Weasley gêmeos como batedores, os outros Weasleys como artilheiros juntamente com a Granger. De goleiro o Mot-Mot e como apanhador o Menino que sobreviveu.
A: Buuuu!
P: Realmente. O time dos personagens não tem nenhuma chance.
L: É… mas voltando para o jogo… O nosso estimado juiz advogado do Mot-Mot e… A? Não vai falar do Wood?
A (sussurando): Não dá, P. O Advogado do Tom-Tom tá aí também.
P: Anh… então nesse caso… O JUÍZ DEU INÍCIO AO JOGO!!!(músiquinha do Space Jam de fundo) MANDA VER, L!!!
L: E a goles começa com o time dos Originais! Draco com a posse, arremessa para Hermione que desvia de Sara e joga para Rony que aproxima-se do aro e UAU! Ganha um balaço bem no nariz lançado por Charlotte e deixa a goles cair! O time da LAP com a posse agora. Emily, Sara, Kira, Sara de novo que dá um loopin em Draco e parte para marcar! Um balaço passa zunindo pela sua cabeça e ela acaba deixando a goles cair gritando que aquela bola voadora está possuída por uma carta Clow… Mas a goles é recuperada rapidamente por Emily que parte para o aro com toda a velocidade! Mas parece que Fred não vai deixá-la passar, ele… WOW! Ganha um balaço da batedora Lupina, quer dizer, da Lune! E EMILY MARCA!!! 10X0 PARA O TIME DA LAP!!!
A: WOW!
P: D+!
L: Mas EIII! Charlotte jogou um balaço na companheira que conseguiu desviar a tempo! Que ‘ops’ nada, Charlotte!  Que feio e vingar por seu namorado!… hum-hum, voltando. A goles está sendo disputada no campo e os apanhadores ainda sobrevoam o campo sem sinal do pomo (que é um pêssego que o Mot-Mot enfeitiçou porque nós não ter  um bolinha pequena com assas…).
A:… pêssego… ah, então foram vocês que pegaram o meu lanchinho?!
P: Pêssego é bom… Mas alguém quer pipoca quentinha?    
L: UHU!  Pipoca! E o (nhoc, nhoc) time das personagens originais (nhoc, nhoc) estão com a posse das goles (nhoc, nhoc)
Algum tempo depois…
L: 1000×130 PARA O TIME DA LAP! Se aveche Mot-Mot e segura essas goles!
Mot-Mot:  É tudo culpa dessa Emily! Assim vou ter que matá-la antes do final da fic! 
P: Não, não! Ela é MINHA personagem e eu não deixo! 
LA: É! Ela é a NOSSA Mary Sue!
L: Emily ainda está comemorando o seu milésimo gol sobrevoando a torcida organizada (literalmente, os ursinhos e bonecas da LAP)
P: Continua L! Olha lá. A goles está com o Draco!
L: Mas não por muito tempo! Draco recebe um balaço da irmã e Sara recupera a goles para o time da LAP e passa para Emily e vocês já sabem o que acontece… mais 10 para a LAP! Ninguém pode com essa cambada! E… HEI!!! Fred joga um balaço em Emily e Draco vai tirar satisfação com ele gritando furioso! Lune tenta interferir e acaba levando uma bastonada perdida. Charlotte e Voldemort entram na briga também! (pisc pisc) E os outros entram também… que confusão… (para a platéia) SERÁ QUE NINGUÉM CONSEGUE APARTAR ESSE POVO?!
P: E agora?
A: … vamos brigar também?
L: UHU! VAMOS!
Harry: ACHEI O POMO!… Pessoal?… EU-A-CHEI-O-PÊ-SSE-GO!… Será que ninguém me escuta (nhoc, nhoc)… Você não querem (nhoc, nhoc) não?… Legal! (nhoc, nhoc)

BASTIDOR – 05

Depois da “festinha surpresa” na sala dos bastidores, sempre uma da LAP ficava de plantão enquanto as outras se entupiam de cerve…ops… café na salinha do cafezinho. Agora era o turno da P… que babava em cima de seu livro do Senhor dos Anéis, como sempre. De repente um barulho ensurdecedor e a P acorda:
P: Anh? Orcs? Onde?         
Uma agitação inesperada estava em andamento na salinha. E P sabia que a coisa mais sensata a fazer em uma situação dessas era…       
P: Meninas!!! Tragam a cerveja amanteigada que eles estão aprontando de novo!
L (entra pulando espalhando pipoca para todos os lados): OBA! OBA! OBA!
A (logo atrás carregando as cerve… café!):  Adoro essas câmeras escondidas!
P (sussurrou, apagando a luz): Shiii… vai começar…
(na tela)
LAP produções orgulhosamente apresenta:
“De volta à salinha dos bastidores… A Revolta do Snape!”
Draco: Eiii!!
…e do Draco também…
Draco: não gostei dessas reticências!
Rony: Que legal! O Draco ganhou pontos (batendo palmas). Talvez agora você consiga passar de ano! Há Há Há há !… Espera aí… eu estava brincando! Ei! Eu não posso morrer agora!… NEM DEPOIS!! SOCORRO!!!
Jorge: Atenção, atenção pessoal! Dessa vez é sério!
Charlotte (resmungou enquanto trocava os canais da TV preto-e-branco do Paraguai…desculpa da LAP: Foi o que deu pra comprar depois de arrumar o PC da L…): Iiiihhh…. lá vem a dupla gemialidades novamente… 
Fred (quase chorando): Mas hoje vai ser legal!
Rony (ainda vivo! Mas um pouco roxo): Mais legal que aquela vez que vocês imitaram a Charlotte e a Emily quando tomaram a Poção Polissuco?
Jorge (chutando o irmão): Não fala alto! A Charlotte já tinha esquecido disso!
Harry (incentivou nosso grandioso herói [P: Quanto que estamos devendo pra ele mesmo? A: Acho melhor elogiar mais um pouco L!!!] Harry Potter, o incrível menino que sobreviveu e sobrevive ainda hoje como é a vontade de quase todos seus fãs e …[ L: Ai! Porque pisaram no meu pé?]): Bom, essa eu quero ver…
Fred (vangloriando-se): Conseguimos com exclusividade mais algumas cópias do roteiro dos próximos capítulos!
L e P lançaram um olhar mortal para A…
A (se defendendo): O Olívio falou que só queria dar uma olhadinha… Não pensei que… ta, tá… foi minha culpa!
Fred: Eu sou o Snape!
Jorge: E eu o Draco!
Emily: Ai, ai… isso vai dar rolo!
Jorge/Draco: Oh! Snape! Como você pode beijar minha ex-namorada?
Fred/Snape: Euuuuuuu?
Jorge/Draco: Não se faça de inocente!
Fred/Snape: Tá! Eu beijei ela! Mas foi tudo sua culpa!
Jorge/Draco: Porque minha?
Fred/Snape: Depois que você se juntou com aquela Potter, não dá bola para mais nada!
L: Ei? Foi isso que a gente escreveu?
A: Claro que não!
P: Eles distorceram totalmente o sentido da cena…
L: Ah bom… agora eu entendi… a pipoca tá acabando… vai buscar mais, A?
Jorge/Draco: Você está com ciúmes?
Fred/Snape: Claro que estou com ciúmes! Se você me trocasse por qualquer uma daquelas monstras da Sonserina-
Lune e Charlotte: Monstras?
Fred/Snape: …ou até mesmo aquelas sangue-ruim da Granger-
Rony: Ei, Fred!
Fred/Snape: Mas, não! Tinha que ser aquela deslambida da Potter!
Emily: Eiiiiiii!!!
Jorge/Draco: Ora, Snape! Você sabe que não importa com quem eu esteja, você sempre-
Snape (entrando de repente): O que está acontecendo aqui?
Draco (logo atrás): BOA PERGUNTA!
Fred: Ué? Como conseguiram destrancar o armário?
Snape: Então foram vocês?!
Jorge (lançando um olhar mortal para o irmão): Boca aberta! Agora CORRE!!!
E a salinha voltou a sua normal normalidade. Com os gêmeos correndo e derrubando tudo o que encontraram na frente, enquanto são ameaçados por Snape e Draco. E o resto da turma assiste tv preto-e-branco entediados…
L: VAMOS VER DE NOVO????
AP: NÃÃÃÃÃOOO!!
FIM… ANh?? Fim?